4 de abril de 2014

No meio do caminho tinha uma estrela, tinha uma estrela no meio do caminho.

No meio do caminho apareceu uma estrela. Junho, domingo frio, ela chegou, sorrindo logo no primeiro dia.

As noites ficaram mais curtas, e os dias, apesar de sonolentos, passaram a ser cheios de dengos, cafunés, e um amor sem medida!

Estela nasceu, e eu nasci mãe. Que incrível transformação!

Estela ensaia os primeiros passos enquanto escrevo esse texto aqui. Engatinha pra lá e pra cá, reclama, com dedo em riste, dizendo que quer engolir o mundo. É, já tem mais tempo que ela esta aqui do lado de fora, do que que ficou dentro da minha barriga.

Come arroz, feijão, espinafre, e eu trato fotos, diagramo álbuns, ou vou ali tirar uma foto sua. Pois é, né? O tempo é soberano realmente! E aos poucos foi chegando esse  momento em que é possível dividir minha atenção com minha primeira filha, a fotografia. E tem amor para as duas, pode acreditar!

Beijos e vem conhecer minha estrelinha! =)

Leave a Reply

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>